Luísa Damião conversa com presidente da Associação- de Mulheres Juristas

PORTALMPLA - 12 de Abril (Terça-feira) de 2022 - Mulheres Juristas vão reunir em congresso no próximo mês de Maio do ano corrente e, dentre vários assuntos, abordarão questões ligadas à paridade no género e ao ambiente.

A Camarada Luísa Damião, Vice- Presidente do MPLA, recebeu, na manhã de Terça-feira, em audiência a Presidente da Associação Angolana das Mulheres Juristas, Solange Machado.

No final da audiência, aos repórteres, Solange Pereira revelou ter abordado com a Camarada Luísa Damião vários assuntos, destacando o vigésimo quatro Congresso da Federação Internacional de Mulheres de Carreira Jurídica, que será realizado em Angola entre os dias 23 e 25 de Maio próximo.

Solange Machado avançou que o encontro poderá servir para demonstrar ao país o alcance da paridade com relação as mulheres obtido no último congresso do MLPA, o desenvolvimento, a cultura e belezas naturais angolanas.

No certame, revelou Solange Machado, Angola vais participar com a Federação Angolana de Mulheres Juristas, a Organização da Mulher Angolana (O.M.A), a liga das Juristas, entre outras instituições.

"Com a realização do evento pretende-se reforçar a igualdade, o empoderamento das mulheres, a educação jurídica”, avançou Solange Machado, para quem temas como os efeitos das alterações climáticas, a paridade no género deverão merecer uma abordagem profunda.

Segundo a jurista, Angola está num bom caminho, pois já tem mulheres nos órgãos de tomada de decisões, no Tribunal Constitucional, onde a presidente e a Vice-presidente são mulheres, bem como no Tribunal de Contas.

O fundamental, continuou, é as mulheres estarem unidas, para conseguirem muitos êxitos.
Para finalizar, Solange Machado expressou a esperança de ver Angola com uma mulher na Presidência da República.

A Associação das Mulheres Angolanas de Carreira Jurídica existe desde 1995, tem cerca de 200 associados.

 DIP/JA
Voltar