DECLARAÇÃO ALUSIVA AO DIA INTERNACIONAL DA MULHER

MPLA
BUREAU POLÍTICO DO COMITÉ CENTRAL
DECLARAÇÃO ALUSIVA AO DIA INTERNACIONAL DA MULHER

O Bureau Político do Comité Central do MPLA, em nome dos seus militantes, simpatizantes e amigos, aproveita a celebração do 8 de Março, dia Internacionalmente consagrado à mulher, para reafirmar o seu posicionamento como vanguardista no apoio incondicional de todas as manifestações de luta das mulheres pelos seus direitos, reconhecendo que a mulher angolana tem, por esforço, iniciativa e mérito próprios, se inserido cada vez mais como protagonista nas transformações da sociedade.

O MPLA reconhece a cada vez mais crescente capacidade da mulher angolana em assumir posições de comando e liderança, cargos de direção e chefia, consciente de haver ainda avanços a conquistar, visando o abandono da posição secundária historicamente impingida às mulheres, e enaltece o papel das mulheres em prol das acções promotoras de valores que dignificam toda a humanidade, pela condição única e exclusiva de ser a geradora de vidas humanas, reconhecido como o maior património do universo.

Apesar dos resquícios da herança histórica que fragilizam a mulher, o MPLA assegura que, no contexto angolano, continua a abordar a problemática dessa franja da sociedade, que por sinal é maioritária no universo demográfico, na perspectiva de atingir-se o ponto de igualdade e respeito nas relações sociais, como resultado das medidas de políticas implementadas pelo Executivo constituído por via da legitimidade conferida democraticamente ao MPLA pelos angolanos.

O MPLA condena qualquer iniciativa explícita ou implícita de associação da figura feminina à ideia de subalternidade, que a coloca em posição de dependência, realçando que, sob a orientação justa do MPLA, Angola tem estimulado o processo da emancipação da mulher angolana, direito conquistado através da sua participação histórica na luta de libertação nacional e no desenvolvimento, acção que tem sido materializada conforme o primado do Saudoso Camarada Presidente, Doutor António Agostinho Neto, segundo o qual "O mais importante é resolver os problemas do povo”.

O Bureau Político do MPLA expressa votos de felicidades a todas as mulheres angolanas e respectivas famílias, depositando total confiança na participação delas nos próximos desafios políticos, com realce para as Eleições Gerais de Agosto de 2022, exortando, para tal, a necessidade de actualização do registo eleitoral, no sentido de adquirem legitimidade para o exercício do direito de voto, escolhendo para dirigir o destino do país, o partido que melhor serve os seus anseios.

 MPLA – PAZ E DESENVOLVIMENTO

 A LUTA CONTINUA
A VITÓRIA É CERTA.

Luanda, 8 de Março de 2022.
Voltar