UNIÃO EUROPEIA RECONHECE VITÓRIA DO MPLA

JA/AB

Durão 01

Bruxelas, 21/09 - O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, felicitou (20) o Camarada José Eduardo dos Santos, cabeça de lista do MPLA, pela sua reeleição ao cargo de Presidente da República de Angola, nas Eleições Gerais de 31 de Agosto último.
Em mensagem, Duração Barroso saudou, igualmente, o povo de Angola, “pela participação cívica e empenhada nestas eleições, confirmando o compromisso de todos os angolanos, para com o aprofundamento da paz e democracia no país”.
Aquele alto dirigente da União Europeia afirmou ter plena confiança de que, durante o próximo mandato, “será possível continuar a consolidar, com êxito, o progresso económico e social, a assegurar uma governação adequada às aspirações dos angolanos, a promover um desenvolvimento inclusivo e a afirmar Angola como um elemento importante da Comunidade Internacional”.
Tendo presentes os laços fortes que unem Angola e a União Europeia, recentemente reafirmados com a assinatura do “Caminho Conjunto Angola-União Europeia”, Durão Barroso realçou que “a Comissão Europeia mantém-se um parceiro empenhado de Angola e do povo angolano, tanto ao nível bilateral, como no quadro mais geral das relações UE/África”.

Caminho conjunto

O referido acordo de cooperação visa elevar, para um novo patamar, o relacionamento entre Angola e a UE, através do aprofundamento do diálogo político e da cooperação bilateral, em áreas de interesse comum, reconhecendo o papel crescente do país, no plano regional e internacional e a importância do reforço do relacionamento bilateral.
A intensificação do diálogo e da cooperação entre Angola e a UE abrange diversas áreas, entre as quais as questões de paz e segurança, crescimento económico e desenvolvimento sustentável, boa governação e direitos humanos, energia, transportes, ambiente, ciência e tecnologia e educação.
O “Caminho Conjunto” foi recentemente assinado, por Angola, pelos ministros das Relações Exteriores, camarada Georges Chicoti e do Planeamento, cda. Ana Dias Lourenço e, pela UE, pela alta representante para a Política Externa e de Segurança e vice-presidente da Comissão Europeia, Catherine Ashton e pelo comissário europeu para o Desenvolvimento, Andris Piebalgs.

Veja todas as notícias