SG do MPLA constata efeitos da seca no Cunene

PortalMPLA, 18 NOVEMBRO 19, SEGUNDA-FEIRA - No âmbito do plano de combate a seca no sul de Angola, o Secretário-Geral do MPLA, Camarada Paulo Pombolo, deslocou-se hoje, segunda-feira (18), ao município de Ombadja, província do Cunene, para constatar a implementação do plano que está a ser gizado com vista a mitigação da seca.

Acompanhado dos membros do Comité Provincial do Partido do Cunene e do governo provincial, o Secretário-Geral visitou as comunas do Xangongo e do Humbe, a 90 quilómetros de Ondjiva, onde tomou contacto sobre a actual situação.

Na comuna de Xangongo, o dirigente manteve um encontro com os militantes da província, onde  deixou orientações precisas para responder a situação e inteirou-se sobre o andamento do Programa Integrado de Intervenção aos Municípios (PIIM).

Já na comuna do Humbe, que dista a 10 quilómetros de Xangongo, o Camarada Paulo Pombolo visitou projectos especiais e decisivos na resolução da carência de água nas comunidades locais, face à seca, tais como o rio Caculuvale, a sonda de água em Tshavana, e a chimpaca de Makokoto.

Durante as visitas, o Secretário-Geral manteve contacto com a população afectada e manifestou a sua solidariedade para com o sofrimento das populações .

Desde Outubro de 2018, a seca afetou cerca de 857 mil e 443 pessoas, de um total de 171.488 famílias e 907.572 cabeças de gado, matando cerca de 26 mil e 267 animais, entre gado bovino, caprino e suíno.

NJ/HT

/Foto: DDS

/www.mpla.ao

Veja todas as notícias