SAIBA QUE…

Síntese cronológica de acontecimentos que marcam a história da luta do MPLA e do povo angolano. Na foto, o Presidente Agostinho Neto, durante a Luta de Libertação Nacional.

 

Luanda, 03 MAIO 16 (3ª FEIRA) – SAIBA QUE Na Liga Nacional Africana, na ANANGOLA e na Sociedade Cultural, entre outras instituições, fizeram-se os primeiros ensaios de actividade política, ainda que mascarada por acções culturais, como teatro, música, canto, ou, também, publicações, que puderam mostrar a face africana de Angola, que o colonialismo português, na sua política de assimilação, pretendia abafar. 

O MPLA foi fundado a 10 de Dezembro de 1956, na cidade de Luanda, Angola, então ainda sob o jugo colonial português.

A Bandeira do MPLA tem a forma rectangular, dividida ao meio por duas faixas horizontais, sendo a superior de cor vermelha-rubro e a inferior de cor preta, tendo ao centro uma estrela de cinco pontas de cor amarelo-vivo.

Foi na madrugada do dia quatro de Fevereiro de 1961, sob o comando dos camaradas Paiva Domingos da Silva e Francisco Imperial Santana, militantes do MPLA, que, praticamente em simultâneo, ocorreu o assalto à Casa de Reclusão Militar, à Cadeia Administrativa de S. Paulo e à 4ª Esquadra da Polícia, símbolos significativos do então poder colonial, onde encontravam-se encarcerados patriotas angolanos, por motivos políticos.

O saudoso Camarada Agostinho Neto, Fundador da Nação angolana e primeiro Presidente da República Popular de Angola, nasceu a 17 de Setembro de 1922, na aldeia de Caxicane, município de Icolo e Bengo, província de Luanda. Após uma fuga espectacular de Lisboa, Portugal, juntou-se aos seus companheiros de luta, em Léopoldville (hoje Kinshasa – RDC), onde, em 1962, foi eleito Presidente do MPLA, que liderou vitoriosamente, até a data da sua morte, em 10 de Setembro de 1979 (Na foto, o Presidente Agostinho Neto comanda uma coluna guerrilheira, durante a Luta de Libertação Nacional).

PortalMPLA/AB    

Veja todas as notícias