PR: "Esta cimeira trará resultados mais palpáveis"

20 de Fevereiro, 2020

O Presidente João Lourenço manifestou-se hoje, em Luanda, optimista com os resultados da cimeira quadripartida, que decorre amanhã na localidade Gatuna/Katuna, na fronteira entre o Rwanda e Uganda.

Pelas informações que estamos a receber da equipa técnica, constituída pelos ministros de ambas as partes, Rwanda e Uganda, esta cimeira de Gatuna/Katuna será diferente das anteriores e trará resultados mais palpáveis", disse à imprensa, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, antes de viajar para o Rwanda.

João Lourenço referiu que a cimeira de amanhã deve dar um "passo importante" que vai permitir aproximar ao máximo da solução definitiva do conflito que opõe aqueles dois países da Região dos Grandes Lagos.

Sobre a contribuição de Angola neste processo, o Chefe de Estado disse que o país está a empenhar-se ao máximo no sentido de aproximar o Rwanda e o Uganda a ultrapassar o diferendo que os opõe.

Além do Chefe de Estado angolano, o encontro junta os presidentes do Uganda, Yoweri Museveni, Rwanda, Paul Kagame, e da República Democrática do Congo (RDC), Félix Tshisekedi.

O Presidente da República regressa amanhã a Luanda, depois do fim da cimeira. Na sexta-feira passada, o Comité Ad Hoc para a implementação do Memorando de Entendimento de Luanda entre o Rwanda e o Uganda reuniu-se em Kigali, para avaliar os progressos alcançados.

Na abertura da reunião, o ministro das Relações, Manuel Augusto, saudou os avanços alcançados pelo Rwanda e Uganda no quadro da implementação do Memorando de Entendimento de Luanda, assinado em Agosto passado.

Manuel Augusto indicou que os avanços demonstram a "vontade política dos dois países em melhorar as relações bilaterais, nomeadamente, no que diz respeito à normalização da mobilidade e das actividades das pessoas, assim como a livre circulação de pessoas e bens na fronteira comum".
In JA

Veja todas as notícias