Paulo Kassoma defende unidade e coesão dos militantes no Cuando Cubango

O dirigente falou igualmente da necessidade de os militantes se manterem permanentemente informados sobre os diversos fenómenos que ocorrem no país para ajudarem a combater o boato, a intriga e a calúnia.
 
Menongue, 14 AGOSTO 15 (6ª FEIRA) - A unidade e a coesão dos militantes são factores preponderantes para o êxito do trabalho do MPLA, tendente a melhoria das condições de vida da população, afirmou, terça-feira (11), o secretário para a Política de Quadros do BP do Partido, camarada Paulo Kassoma.
Falando na qualidade de coordenador do grupo de acompanhamento do Secretariado do Bureau Político do MPLA à província do Cuando Cubango, durante a VII sessão ordinária do Comité Provincial, o dirigente referiu-se igualmente a necessidade de os militantes se manterem permanentemente informados sobre os diversos fenómenos sociais que ocorrem no país.
 “Só desta forma estaremos em condições de combater o boato, a calúnia, a intriga e as tentativas de perturbação e desestabilização da ordem constitucional em Angola, assim como de cerrar fileiras em torno do MPLA e do Camarada Presidente José Eduardo dos Santos”, realçou.
O camarada Paulo Kassoma congratulou-se com os progressos registados na província nos domínios económico e social, sobretudo nos sectores da educação, saúde e da energia e águas, tendo apelado os militantes a continuarem a colaborar com o Governo no sentido da resolução dos problemas do povo.
Por sua vez, o primeiro-secretário provincial do Partido, camarada Higino Carneiro, destacou o crescimento contínuo do MPLA ao nível local, afirmando que “teremos novas cerimónias de ingresso de militantes até Setembro do presente ano. Esta é uma tarefa contínua”.
A VII reunião ordinária do Comité Provincial do Cuando Cubango do MPLA analisou o relatório da Comissão Executiva e adoptou o plano de actividades para o II semestre deste ano.
PortalMPLA/DM
 
 

Veja todas as notícias