OMA de Luanda cria Comités Distritais

oma

Luanda, 10 Maio 13- A Organização da Mulher Angolana (OMA) vai eleger Comités Distritais na Samba, no Rangel, no Sambizanga, na

Maianga, na Ingombota e no Kilamba Kiaxi, durante as assembleias constituintes, a acontecer nos dias 16, 17 e 18 do corrente mês.

Em entrevista ao Portal EME, a Secretária Provincial Adjunta da OMA, e membro do Comité Central do Partido, camarada Luzia Policarpo,

disse que nestes distritos  os Comités Municipais serão extintos e, em sua substituição surgirão os Comités Distritais, para que as

estruturas da Organização se adequarem a nova divisão administrativa.

Na sequência da aprovação pela Assembleia Nacional da nova divisão politico-administrativas das províncias de Luanda e do Bengo, o

MPLA e as suas Organizações Sociais (a OMA e a JMPLA), estão a realizar assembleias e conferências para conformarem as suas

estruturas a nova realidade.

Para a camarada Luzia Policarpo “a realização das Assembleias da OMA é sequência de um trabalho que decorre desde o ano passado

com o processo nas Secções de Base, onde se efectivaram as renovações de mandatos e, consequentemente, o desdobramento das

mesmas”, explicou.

 No passado mês de Abril, foram realizadas Assembleias de Balanço nos municípios de Cacuaco, Cazenga, Quiçama, Viana e Icolo Bengo,

estando por realizar as assembleias constituintes dos municípios de Belas e de Luanda, informou a dirigente da maior organização

feminina do país.

Durante este processo a OMA está igualmente a transferir os seus membros para exercerem a militância nas áreas de residência, no

quadro do princípio da territorialidade, em vigor para o funcionamento do Partido e das suas Organizações Sociais.

 A OMA (Organização da Mulher Angolana) é a organização feminina do MPLA, cujo objectivo é mobilizar, organizar e educar as mulheres,

para a realização dos ideais políticos do Partido.

 

PortalMPLA/RF/LM

Veja todas as notícias