Namibe/Camucuio (13): Militantes da CASA/CE ingressam no MPLA

Numa mensagem, nesta quarta-feira (13), Romão Celestino Feca Yamelo disse que o seu antigo partido, a CASA-CE, é uma formação política com dirigentes sem maturidade, cujos programas não conjugam com a realidade actual do país. Na foto, festa rija do MPLA.

 

Camucuio, 13 AGOSTO 14 (4ª FEIRA) - Três militantes da CASA/CE, a terceira força política na Assembleia Nacional de Angola, renunciaram este partido e ingressaram, nesta quarta-feira (13), no município de Camucuio, nas fileiras do MPLA.

No acto oficial de ingresso, o antigo responsável Romão Celestino Feca Yamelo disse, numa mensagem, que o partido CASA-CE é uma formação política com dirigentes sem maturidade, cujos programas não conjugam com a realidade actual do país.

“De hoje em diante, o nosso vínculo político será para o partido MPLA, visto que este apresenta programas que reflectem os nossos anseios. Aqui reina a coesão política e a democracia, no seio dos militantes “, ressalta a mensagem.  

A cerimónia de recepção dos novos militantes do MPLA foi orientada pelo primeiro-secretário do Comité Municipal de Camucuio do Partido, camarada José Manuel Sombo.

O município de Camucuio dista 230 quilómetros a norte da província da cidade do Namibe, a capital da província com o mesmo nome.

Nas Eleições Gerais de 2012, a CASA-CE ocupou a terceira posição, ao conquistar seis por cento (06%) dos votos, apenas pelo Círculo Nacional, correspondentes a oito lugares na Assembleia Nacional, num universo de 220 deputados.

O MPLA, por seu lado, ao vencer o pleito, foi o mais votado, com 71,84 por cento dos votos, que se traduzem em 175 assentos na Assembleia Nacional, sendo 94 pelo Círculo Nacional e 81 pelos 18 círculos provinciais.

PortalMPLA/AB

Fonte: Angop

Veja todas as notícias