Na fase de testes Angola descartada vacinas da Covid-19

Angola não deverá adquirir, por enquanto, as vacinas da Covid-19 que se encontram em fase de testes, segundo avançou a ministra da Saúde, Sílvia Lutukuta, durante a última actualização dos dados da pandemia em Angola.
Sílvia Lutucuta disse que o país está a acompanhar às orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), recordando que a agência da ONU prometeu facilitar a aquisição de vacinas para todos os países de forma equitativa, de modo a dar oportunidade a toda população, assim que estiverem disponíveis.
“É sempre um desafio, porque nunca se sabe se a vacina poderá estar pronta este ano e, por quanto tempo, vai durar a pandemia. Nós temos de nos habituar às medidas, evitando o impacto da doença na vida dos angolanos e na nossa economia”, elucidou a governante. 
A ministra, que falava em conferência de imprensa de actualização de dados da Covid-19, no Centro de Imprensa Aníbal de Melo, refutou informações que dão conta da morte de vários pacientes pela pandemia em todos os hospitais, por estarem abandonados, sublinhando que os profissionais de saúde têm feito um esforço abnegado no sentido de tratarem os doentes.
Os doentes críticos, afirmou, que morreram, na sua maioria, estavam nos centros de referência. Garantiu que nos próximos tempos será feita uma abordagem mais alargada sobre os pacientes críticos e graves.  “O que tem se constatado é que os doentes chegam aos hospitais numa fase avançada da patologia, com manifestações clínicas. Em relação à Covid-19, entram já num quadro irreversível, sobretudo aqueles que têm diabetes e hipertensão”, explicou.
Sílvia Lutucuta referiu que não se pode generalizar que todas as mortes por Covid-19 ocorrem em todos os hospitais. “Temos de reconhecer que o número de casos aumentou consideravelmente, nos últimos tempos”. 
Com base nisso, disse, a estratégia de abordagem da Covid-19 tem de ir até aos cuidados primários de saúde, tendo em conta as várias portas de entrada, com destaque para os postos médicos, hospitais de vários níveis, desde os primários, secundários e terciários.

Veja todas as notícias