MPLA nas comemorações dos 25 anos do Protocolo de Brazzaville

O secretário-geral do Partido, camarada Julião Mateus Paulo “Dino Matrosse”, encabeça a delegação.

Luanda, 10 FEVEREIRO 14 - Uma delegação do MPLA, chefiada pelo respectivo secretário-geral, camarada Julião Mateus Paulo “Dino Matrosse”, desloca-se, nesta segunda-feira (10), à República do Congo, para participar nas comemorações do 25º aniversário da assinatura do Protocolo de Brazzaville, que garantiu, na altura, a independência da Namíbia, a libertação de Nelson Mandela e a eliminação do apartheid na África do Sul.
Integram a comitiva, o secretário do Bureau Político do Partido para as Relações Internacionais, camarada Afonso Van-Dúnem “Mbinda” e o deputado António dos Santos França “Ndalu”, que, na altura, foi o negociador, por Angola, a par dos representantes da então África do Sul racista, de Cuba e dos Estados Unidos da América.
Assinado em 22 de Dezembro de 1988, o Protocolo de Brazzaville é tido como um dos grandes ganhos da diplomacia angolana. Acelerou a conquista da paz na região austral do continente africano e negociou a saída das tropas internacionalistas cubanas de Angola, a independência da Namíbia, a libertação de Nelson Mandela e ao fim do regime de apartheid na África do Sul.
A iniciativa dessas festividades é do Presidente da República do Congo, Denis Sassou-Nguessó, para recordar as várias etapas que marcaram a assinatura desse protocolo.
PortalMPLA/ER/AB

Veja todas as notícias