Luanda: OMA adequa-se à nova divisão político-administrativa

RA/AB

OMA

Luanda 20/11 – Em Luanda, a organização feminina do MPLA, a OMA, está a adequar a organização e funcionamento das suas estruturas à nova divisão político-administrativa da província, que, antes, tinha nove municípios e que, desde 19 de Julho de 2011, dispõe de, apenas, sete.

Com efeito, o Comité Provincial de Luanda da Organização da Mulher Angolana realizou, segunda-feira (19), na capital angolana, a sua 7ª Reunião Extraordinária, para debater a implementação da nova estrutura político-partidária e organizativa do MPLA e das suas organizações sociais à luz da nova divisão administrativa.

Na reunião, orientada pela respectiva secretária provincial, camarada Eulália Rocha, o secretário do Departamento de Organização e Mobilização (DOM) do Comité Provincial do MPLA, Elias Mendes de Carvalho, informou às participantes sobre as novas modalidades de organização, agora caracterizada pela criação de novos municípios, distritos, centralidades e condomínios.

A província de Luanda possui os seguintes municípios: Luanda (com sede na cidade de Luanda), Cacuaco (com sede na cidade de Cacuaco), Belas (com sede na cidade do Kilamba), Viana (com sede na cidade de Viana), Cazenga (com sede na comuna do Tala-Hadi), Icolo e Bengo (com sede na vila de Catete) e Quiçama (com sede na vila da Muxima).

Veja todas as notícias