Luanda: MPLA defende comunicação social patriótica

CREATOR: gd-jpeg v1.0 (using IJG JPEG v62), quality = 80

O Comité de Jornalistas do Partido realizou (06) um “Fórum de Jornalistas sobre o Pluralismo e Isenção da Informação e dos Média em Angola”.

Luanda, 07 Junho 13 – O Comité de Jornalistas do MPLA levou (06) a efeito um “Fórum de jornalistas sobre o pluralismo e isenção da informação e dos Média em Angola” que reuniu dezenas de profiisionais e estudantes das Ciências da Comunicação Social.

Ao usar da palavra no fórum, o secretário para a Organização Urbana do Comité Provincial de Luanda do MPLA, camarada José Luís Pascoal, defendeu a existência de um serviço da comunicação social, que promova valores de interesse nacional, com vista a contribuir para o fortalecimento da democracia e da integridade territorial do país.

O dirigente recordou que o MPLA propõe, no seu Programa de Governo para 2012/2017, o reforço da capacidade dos órgãos de Comunicação Social, com vista a edificar um sistema nacional de comunicação plural, competitiva e isenta.

Quanto à liberdade de expressão, de informação e de imprensa, plasmada na Constituição de Angola, Luís Pascoal referiu que isso é uma conquista dos angolanos, resultante, particularmente, do alcance da paz definitiva, em quatro de Abril de 2002 e que os actuais avanços tecnológicos devem contribuir para que a Comunicação Social continue a jogar um papel de destaque no seio da sociedade angolana.

“Em pleno século 21 e com as transformações que se têm operado no domínio científico e tecnológico, o MPLA está consciente de que novos desafios se colocam à comunicação social angolana, sendo um deles a edificação de uma classe jornalística isenta e pluralista”, sublinhou.

A palestra central do fórum, animada pelo jornalista Joaquim Paulo da Conceição, abrangeu aspectos como a equidade, o dever, a educação e a justiça, sendo que um dos desafios da imprensa é actualizar-se diariamente, combatendo o sensacionalismo e a calúnia.

O acto decorreu no Centro de Formação de Jornalistas (CEFOJOR) e contou com a participação do ministro da Comunicação Social, José Luís de Matos e dirigentes do Comité Provincial de Luanda do Partido.

O Comité de Jornalistas do MPLA tem como primeiro-secretário o camarada Manuel de Carvalho “Wadijimbi”.

PortalMPLA/Angop/AB

Veja todas as notícias