JUVENTUDE: Nem queixas, nem lamentações

O candidato do MPLA exaltou, 5ª feira (27), em Luanda, o pensamento claro dos jovens sobre a realidade de Angola.

 Luanda, 28 ABRIL 17 (6ª FEIRA) – “Quem está no poder, como é o nosso caso, o MPLA, ao ter um encontro com qualquer franja da sociedade, espera sempre ouvir dela queixas e lamentações”.

No entanto, isso não aconteceu, quinta-feira (27), durante o encontro alargado com as organizações juvenis, tendo o candidato do MPLA a Presidente da República, Camarada João Lourenço, manifestado a sua satisfação, pela atitude realista como os jovens usaram da palavra.

João Lourenço disse que o que mais o acalentou foi o facto de não ter ouvido, da parte dos jovens, nem queixas, nem lamentações, mas, sim, um pensamento claro sobre as políticas e programas que o Governo deve materializar, para resolver um conjunto de problemas que afectam a sociedade angolana.

Nesse encontro alargado, usaram da palavra os representantes dos jovens estudantes; dos jovens religiosos; dos jovens empresários e empreendedores; dos jovens músicos, compositores e artistas; dos jovens desportistas; dos jovens ambulantes e taxistas e dos jovens funcionários públicos.

A parte final foi reservada para breves considerações do Camarada João Lourenço, em resposta a preocupações e sugestões apresentadas pelos participantes.

PortalMPLA/MP/JC/AB

Veja todas as notícias