JUVENTUDE: Apoio incondicional ao MPLA e ao seu candidato João Lourenço

Associações juvenis manifestaram, 5ª feira (27), em Luanda, a sua determinação na luta por um futuro melhor dos angolanos.

 

Luanda, 28 ABRIL 17 (6ª FEIRA) – As associações juvenis, participantes, quinta-feira (27), em Luanda, no encontro alargado com a Direcção do Partido, expressaram o seu apoio incondicional à escolha do Camarada João Lourenço, como candidato do MPLA a Presidente da República de Angola.

O Conselho Nacional da Juventude (CNJ) pediu ao candidato a aprovação e implementação do Estatuto do Dirigente Associativo e manifestou a sua disponibilidade de continuar a mobilizar os jovens angolanos para a sua a participação nas Eleições Gerais, de 23 de Agosto próximo.

As organizações juvenis religiosas afirmaram que, já que o candidato do MPLA, numa das suas intervenções referiu que o País precisa agora de encontrar os seus generais do desenvolvimento, a juventude cristã tem soldados, sargentos, oficiais subalternos e generais, prontos para trabalhar e para garantir um futuro melhor às gerações presentes e vindouras.

Apelaram, igualmente, a todos os jovens cristãos e não só, a participarem do pleito eleitoral, com civismo, harmonia e tolerância entre todos.

Os jovens ambulantes e taxistas, que também reafirmaram a sua participação nas próximas Eleições Gerais, apelaram à criação de crédito para a classe, a inserção deles em pequenos programas agrícolas e agro-industriais e de um programa específico de alfabetização.

Os jovens desportistas encorajam o candidato na nova missão que se avizinha e apelaram à manutenção das infra-estruturas para a prática do desporto, visto terem sido gastas verbas para a sua construção.

Os jovens da Função Pública manifestaram o desejo de apoiar o candidato no combate à corrupção, frisando que esta luta vai começar nas administrações públicas.

Os jovens estudantes, por seu lado, enalteceram o empenho  do Governo angolano, na criação de mais escolas, o que favoreceu o aumento de alunos no sistema educativo, apelando à necessidade da melhoria do ensino, em todos os níveis.

PortalMPLA/RF/AB

 

Veja todas as notícias