INGRESSO NO MPLA: 73 ex-militantes da UNITA e do PRS aderem em Luanda

O acto oficial de admissão decorreu, sábado (26), no município de Viana.

Luanda, 28 NOVEMBRO 16 (2ª FEIRA) – Cinquenta e nove ex-militantes da UNITA e 14 do PRS, ambos partidos da oposição parlamentar em Angola, num total de 73 cidadãos, ingressaram, sábado (26), no município de Viana, província de Luanda, nas fileiras do MPLA.
O acto oficial de admissão, orientado pelo secretário do Comité Provincial de Luanda do MPLA para a Organização e Mobilização, camarada Domingos Quiosa, teve lugar no novo distrito urbano de Vila Flor, Bita Sul, onde os novos membros receberam o respectivo Cartão de Militante e juraram fidelidade ao Programa e Estatutos do Partido e às orientações do Camarada Presidente José Eduardo dos Santos.
Neves Mwangueia, em declaração apresentada em nome dos demais, afirmou que eles abandonaram os seus antigos partidos, por não se reverem mais neles, “por enveredarem pela mentira, tribalismo e calúnia, para enganar o povo”.
Ernesto Paz foi militante da UNITA durante 30 anos e justificou o seu ingresso no MPLA por ter o melhor Programa para o bem-estar dos angolanos, pelo que disse ter a a certeza de que continuará a trabalhar para o povo.
Albertina Muxima foi militante da UNITA durante 24 anos e disse estar cansada de mentiras, pelo que decidiu abandonar esse partido. Apelou ao MPLA para que continue a trabalhar em prol do povo angolano, que já enfrentou muito sofrimento.
O município de Viana é um dos mais populosos do país, com cerca de dois milhões de habitantes e alberga o maior parque industrial de Angola.
PortalMPLA/AB
Foto: Arquivo

Veja todas as notícias