Huíla (06): MPLA incentiva maior aproximação ao eleitorado

A Direcção do Grupo Parlamentar do Partido está reunida hoje, sexta-feira (06), na cidade do Lubango, com os deputados de todos os círculos eleitorais provinciais. Na foto, instantâneo da reunião.

 

Lubango, 06 FEVEREIRO 15 - O presidente do Grupo Parlamentar do MPLA, camarada Virgílio de Fontes Pereira, defendeu, na manhã desta sexta-feira (06), na cidade do Lubango, a necessidade de os deputados do Partido aproximarem-se ainda mais ao eleitorado.

O dirigente, que discursava na abertura da 2ª Reunião da Direcção do Grupo Parlamentar, com os deputados dos círculos eleitorais provinciais, afirmou que esta é um das grandes tarefas de que os parlamentares do MPLA não se podem afastar.

“Não nos devemos esquecer, em momento algum, da permanente ligação que devemos fazer com o nosso eleitorado e mais do que qualquer outro núcleo de deputados do MPLA, os camaradas eleitos pelos círculos provinciais estão na linha da frente, nesse contacto permanente que pretendemos manter”, referiu.

Segundo recomendou o presidente do Grupo Parlamentar do MPLA, cada um dos deputados eleitos nos círculos provinciais deve estabelecer um plano de trabalho e realizar as suas actividades de acordo com as orientações do Partido.

Essa 2ª Reunião vai balancear o que foi feito a partir do encontro anterior, realizado em Outubro de 2014, na província de Cabinda e recensear o universo de tarefas que devam ser executadas pelos deputados eleitos nos círculos provinciais, à luz das orientações do V Congresso Extraordinário do Partido e que constam na Agenda Política de 2015 e no Plano de Actividades do Comité Central.

Um outro objectivo tem a ver com a necessidade de se partilhar ideias em relação ao modo como os deputados do MPLA devem aprender a realizar as actividades gerais, tendo em conta as limitações que o país vive no ano em curso.

Apesar dessas limitações, Virgílio de Fontes Pereira indicou que os deputados do MPLA não se vão desviar do que é essencial, como as orientações do último Congresso Extraordinário e do Camarada Presidente José Eduardo dos Santos, como a necessidade de apresentar a proposta do calendário de tarefas para organizar as eleições gerais e autárquicas, através de um debate responsável, patriota, sério e inclusivo, com a oposição parlamentar.

A reunião termina ainda hoje, sexta-feira.

PortalMPLA/AB

Fonte: Angop

Veja todas as notícias