HUAMBO/Eleições 2017: Angola precisa da bênção de Deus - diz arcebispo do Huambo

Arcebispo do Huambo, Dom José Queirós Alves, na foto, apelou, domingo, 03, a serenidade dos políticos na aceitação dos resultados das Eleições Gerais de 23 de Agosto último.

Caála, 04 SETEMBRO 17 (2ª FEIRA) - O arcebispo do Huambo, Dom José de Queiroz Alves, realçou, domingo, 03, no município da Caála, que o País precisa de mais intervenção divina para o desfecho com êxito do processo eleitoral, que culminou com a vitória do MPLA e do seu candidato a Presidente da República de Angola, Camarada João Lourenço.

Durante a exortação religiosa, que encerrou a peregrinação anual ao Santuário da Nossa Senhora de Fátima, Dom José Alves considerou que as Eleições Gerais do passado dia 23 de Agosto decorreram num “verdadeiro ambiente de paz e serenidade”.

O prelado apelou aos angolanos à manterem-se unidos e a respeitarem o “bem e a justiça”, preparando-se para a nova etapa da construção de uma sociedade de paz e harmonia social.

O MPLA e o seu candidato a Presidente da República de Angola, Camarada João Lourenço, venceram as Eleições Gerais, de 23 de Agosto último, com 61,10 por cento dos votos (maioria qualificada), segundo os dados provisórios da Comissão Nacional Eleitoral, que vai publicar os resultados definitivos até quarta-feira, 06.

Portal/MPLA/JC

Veja todas as notícias