Homenagem ao nacionalista Noé Saúde

A Camarada Luísa Damião, Vice-Presidente do MPLA, enalteceu neste sábado, (12.09), em Luanda, a participação do nacionalista Noé da Silva Saúde, no processo de libertação nacional, pelo qual deu o seu melhor contributo e, por isso tem o seu nome escrito na história de Angola, com letras de ouro.
Luísa Damião afirmou ser um privilégio conviver com o nacionalista cuja trajectória não foi fácil e deve constituir um momento de inspiração para todos os jovens, que devem seguir o exemplo como uma referência positiva, e inspirar cada um a dar o seu melhor contributo para o desenvolvimento de Angola.
“Devemos perceber que não foi fácil chegar até onde chegamos hoje. A geração que nos antecede fez a sua parte, e nós temos a missão de, com espírito patriótico, com muita determinação e dedicação, seguirmos o exemplo dos nossos mais velhos”, disse Luísa Damião. 
Noé da Silva Saúde foi referenciado como um nacionalista que nos inspira a todos a continuar a abraçar o projecto de termos uma Angolana cada vez mais democrática, moderna e próspera.
Referindo-se à nova geração, Luísa Damião disse que ela reclama muito das dificuldades, mas os nossos antepassados também passaram por enormes dificuldades e sacrifícios, tendo sido presos, maltratados e torturados, mas não viraram as costas ao projecto que tinham de uma Angoa livre e independente.
Luísa Damião falou da necessidade de contribuição de todos para se encontrarem as soluções para os problemas que o País ainda tem.
“Temos que trilhar o caminho de construir uma Angola mais desenvolvida”, apelou a Vice- Presidente do MPLA. 
A homenagem ao nacionalista Noé da Silva Saúde foi realizada no âmbito do programa de valorização dos heróis da pátria angolana.
Encabeçada pela Camarada Luísa Damião, a delegação do MPLA integrou também os Camaradas Paulo Pombolo, Secretário-Geral, Albino Carlos, Secretário para Informação e Propaganda, Yolanda Gizela, Secretária para Política Social, Roberto de Almeida, Presidente da Fundação Sagrada Esperança, Fernando Caquarta, Director do Departamento dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, Ana Bela Diniz, Directora do Gabinete para a Cidadania e Sociedade Civil, para além de outros membros da direcção e entidades singulares.  
CC/

Veja todas as notícias