Grupo parlamentar do MPLA defende mais diálogo e consenso

O presidente do grupo parlamentar do MPLA, Camarada Américo Cuononoca, desmentiu as acusações da oposição, segundo as quais o MPLA pretende protelar a realização das eleições.

O deputado lembrou que foi o MPLA quem prometeu a realização das mesmas durante o seu mandato. “As vezes a oposição leva o povo a tomar decisões enganosas”, criticou.

Segundo Américo Cuononoca, a grande divergência entre o MPLA e a posição é a questão do gradualismo, mas, garantiu, o Partido vai primar pela cedência, diálogo e consenso, à semelhança do que aconteceu com outros diplomas aprovados pelo Parlamento e que integram o Pacote Legislativo Autárquico.

“Mais de dez propostas de leis do Pacote Legislativo foram já aprovadas, faltando, apenas, a Proposta de Lei sobre a Institucionalização das Autarquias, um diploma que vai precisar de concertação, diálogo e cedências por parte dos deputados”, afirmou. 

 “A Institucionalização das Autarquias consta da Constituição que defende o gradualismo na sua implementação, por isso há necessidade de os grupos parlamentares fazerem essa aproximação”, sustentou. 

Cuononoca esclareceu que, na sequência de uma das reuniões do Conselho da República, em nenhum momento o Presidente João Lourenço convocou as eleições autárquicas para o ano em curso. 

O deputado criticou, igualmente, o facto de a oposição estar a exigir a realização de eleições autárquicas quando votou contra o OGE, no qual consta dinheiro para a implementação das autarquias.

Veja todas as notícias