Faleceu a camarada Maria da Conceição Boavida, co-fundadora da OMA

O Bureau Político do Comité Central do MPLA exaltou, nesta sexta-feira (05), em comunicado, o papel da viúva de Américo Boavida, na Luta de Libertação Nacional. 

 

Luanda, 05 FEVEREIRO 16 (6ª FEIRA) – “O Bureau Político do Comité Central do MPLA cumpre o doloroso dever de comunicar o falecimento da camarada MARIA DA CONCEIÇÃO DEOLINDA DIAS JERÓNIMO BOAVIDA, co-fundadora da Organização da Mulher Angolana (OMA) e viúva do médico e guerrilheiro Américo Boavida, ocorrido no dia 04 de Fevereiro de 2016, em Luanda, por doença.

Militante consequente do MPLA, desde os primórdios da Luta de Libertação Nacional, a camarada MARIA DA CONCEIÇÃO BOAVIDA, que contava 92 anos de idade, desenvolveu, durante esse período, intenso trabalho na área de informação e propaganda, através do programa “Angola Combatente”, que era emitido a partir de Brazzaville (República do Congo) e de Dar-es-Salaam (República Unida da Tanzânia) e de diversos meios de imprensa do Movimento.

Pelo infausto acontecimento, o Bureau Político do Comité Central do MPLA inclina-se perante a memória desta destacada combatente pela Independência Nacional e pela paz definitiva em Angola e endereça, à família enlutada e à OMA, as suas mais sentidas condolências.

PAZ, TRABALHO E LIBERDADE

A LUTA CONTINUA

A VITÓRIA É CERTA.

Luanda, 05 de Fevereiro de 2016.

O BUREAU POLÍTICO DO COMITÉ CENTRAL DO MPLA”.

PortalMPLA/Sede Nacional do Partido

 

Veja todas as notícias