DECLARAÇÃO ALUSIVA AO DIA DA MULHER ANGOLANA

Pela celebração do dia 2 de Março, o Bureau Político do Comité Central do MPLA reitera a predisposição de salvaguardar os direitos de cidadania das mulheres angolanas e a sua participação na vida política e no processo de desenvolvimento de Angola.

Em tributo aos actos de bravura e determinação protagonizados por heroínas à dimensão de Deolinda Rodrigues, Teresa Afonso, Irene Cohen, Engrácia Santos, Lucrécia Paím e outras anónimas na luta de libertação nacional, o MPLA reafirma o seu engajamento na resolução dos mais candentes problemas que afectam as mulheres e as famílias angolanas, assim como na consolidação das conquistas alcançadas ao nível da igualdade do género, na nossa sociedade.

O Bureau Político exorta a todos os militantes, simpatizantes e amigos do Partido para transformarem a Jornada Março Mulher num amplo e patriótico movimento de apoio ao MPLA e ao Camarada Presidente João Lourenço pelos esforços empreendidos no processo de edificação de uma Angola cada vez mais próspera e desenvolvida, justa e solidária, onde mulheres e homens caminhem unidos na consolidação da democracia, da paz e da unidade nacional.

O MPLA considera que a mulher angolana é, por excelência, lutadora e vencedora, conquistando, palmo a palmo, o espaço que por direito lhe está reservado.

Neste dia de festa e de reflexão, o Bureau Político regozija-se com a dinâmica de mobilização política e sensibilização social da Organização da Mulher Angolana (OMA), ajudando o Partido a vencer os desafios políticos e eleitorais.

MPLA - Melhorar o que está bem, corrigir o que está mal.

PAZ, TRABALHO E LIBERDADE

A LUTA CONTINUA!

A VITÓRIA É CERTA!

Luanda, aos 2 de Março de 2020.

O BUREAU POLÍTICO.

Veja todas as notícias