De 25 a 27 de Março de 2021 OMA realiza 7º Congresso Ordinário

O Comité Nacional da OMA deliberou, nos termos da alínea a) do artigo 62.° dos Estatutos da Organização, convocar o 7.° Congresso Ordinário, a ser realizado em Luanda, no período de 25 a 27 de Março de 2021, sob o lema: "Mulher Angolana: Participação, Inclusão e Desenvolvimento".

O anúncio foi feito pela Camarada Luzia Inglês, Secretária-Geral da OMA, quando proferia o discurso de encerramento da VIIIª reunião ordinária da organização, que decorreu neste sábado, 18 de Julho, no Complexo Turístico do Futungo II.

Cerca de 1500 delegadas oriundas de todas as províncias e das comunidades angolanas no estrangeiro deverão participar do congresso a fim de discutir e aprovar o relatório do Comité Nacional, o programa de acção para o mandato de 2021-2026, bem como os estatutos e eleger a direcção e a Secretária-geral da OMA para o referido período. 

Na ocasião, Luzia inglês assegurou que a Organização da Mulher Angolana tem, desde a sua fundação a 10 de Janeiro de 1962, dado o seu importante contributo na luta pela defesa das liberdades e dos direitos civis das mulheres em particular e do povo angolano em geral, consagrados na Constituição da República de Angola.

“As conquistas alcançadas pela mulher angolana no plano político, económico e social são os feitos da sua grande e valiosa participação na conquista da independência, na consolidação da paz, na reconciliação nacional, na democracia e no desenvolvimento do País”, afirmou Luzia Inglês.

A dirigente máxima da OMA disse ainda que, tendo em conta as transformações políticas que se verificam na sociedade angolana conduzidas pelo MPLA, sob a direcção do Camarada Presidente João Manuel Gonçalves Lourenço, torna-se necessário que a organização se adeque permanentemente aos desafios do presentes e futuro.

/JA/

Veja todas as notícias