Cunene (25): MPLA acolhe mais 70 militantes da UNITA e 06 do PRS

A cerimónia oficial de ingresso de antigos membros desses partidos da oposição em Angola decorreu (20) no município do Cuvelai. Na foto, uma cerimónia de ingresso de ex-militantes da UNITA nas fileiras do MPLA, realizada no dia 03 de Julho ultimo, na cidade do Huambo.

 

Mukolongodjo, 25 AGOSTO 14 – Mais 76 militantes da UNITA e do PRS, ambas formações políticas da oposição em Angola, aderiram, quarta-feira (20), na localidade de Muifano, município do Cuvelai, às fileiras do MPLA, o maior partido angolano, que sustenta o Governo.   

A cerimónia oficial de apresentação e de entrega de cartões aos novos militantes do MPLA, sendo 70 antigos integrantes da UNITA e seis do PRS, teve lugar durante um acto político de massas, orientado pelo primeiro-secretário do Comité Provincial do Partido, camarada, António Didalelwa.

Em representação do grupo, o ex-militante da UNITA Zonas Evaristo Musseles disse que o programa de acção do MPLA e do seu Governo motivaram a sua aderência e que, por isso, “temos que trabalhar para o melhoramento de vida de todos os angolanos”.

“Nós, os ex-militantes da UNITA, outrora organizados em núcleos partidários, decidimos abandonar este partido, de forma voluntária, ingressando no MPLA, por este ser a organização partidária que melhor defende os interesses do povo angolano ”, sublinhou Zonas Evaristo.  

Por essa razão, realçou que prometem abraçar, livre e incondicionalmente, os ideais do MPLA, bem como defender, arduamente, os órgãos de soberania nacional e contribuir, de corpo e alma, no processo em curso, de reconstrução e de desenvolvimento de Angola.

 

Boas-vindas do Comité Provincial do Partido

 

Na ocasião, António Didalelwa desejou as boas-vindas aos recém-ingressados, exortando-os para uma maior responsabilidade, a de lutar pela coesão no seu seio e cultivar o princípio do amor à Pátria, pois que só assim poderão vir a dirigir os destinos do país.

Nas suas palavras, o MPLA continua a dar mostras de boa-governação e, de forma paulatina, para a melhoria das condições de vida do povo angolano, sob a sábia liderança do Camarada Presidente José Eduardo dos Santos.

O acto contou com a participação de dirigentes e militantes locais do MPLA, da OMA e da JMPLA e da população.

O município do Cuvelai dista 173 quilómetros a oeste da cidade de Ondjiva, a capital da província do Cunene.

 

Procedimentos de admissão

 

Segundo os Estatutos do MPLA, designadamente, o seu Artigo 16º, alínea 7, os cidadãos que tenham estado filiados noutros partidos políticos, ou em organizações políticas adversas, podem ingressar no Partido.

Para tal, devem apresentar, individualmente, a sua candidatura à organização de base do local de residência, ou a qualquer comité no escalão imediatamente superior do Partido.  

PortalMPLA/AB

Fonte: Angop

Veja todas as notícias