CC DO MPLA: Discurso do Presidente Dos Santos na abertura da 4ª Sessão Ordinária

A reunião foi realizada 2ª feira (23.10.17), no Complexo Turístico Futungo 2, em Luanda.

 

Luanda, 23 OUTUBRO 17 (2ª FEIRA) – “Camarada Vice-Presidente do MPLA,/Camarada Secretário-Geral do MPLA,/Camaradas membros do Bureau Político,/Camaradas membros do Comité Central,

Realizamos hoje a nossa primeira reunião do Comité Central, depois da vitória eleitoral, obtida pelo MPLA, nas Eleições Gerais de 23 de Agosto de 2017.

Essa vitória foi resultado do empenho e da entrega total dos militantes, simpatizantes e amigos do nosso Partido, que, durante a campanha eleitoral, não pouparam esforços no apoio às iniciativas, que visam esclarecer, divulgar e mobilizar o eleitorado, em torno dos seus objectivos.

Por isso, agradecemos essa participação efectiva e consciente da nossa massa militante, que responde sempre presente! Em todos os nossos momentos decisivos da vida partidária.

Felicito, também, os camaradas João Lourenço e Bornito de Sousa, cabeças-de-lista do MPLA, que souberam cumprir, com brilho, a nobre missão que lhes foi confiada pelo Comité Central, galvanizando, com mestria e de forma incansável, o eleitorado e o povo em geral, para obtermos um resultado favorável e, assim, mantermos o poder político.

A Direcção do Partido felicita os deputados eleitos no Círculo Nacional e nos círculos provinciais, fazendo votos de que cumpram, com zelo e dedicação, o seu principal desígnio, que é o de representar, condignamente, os interesses do povo.

O MPLA felicita, também, a postura do eleitorado angolano, que deu ao Mundo uma excelente lição de civismo e maturidade política, com um comportamento disciplinado e tolerante, que deve ser louvado a todos os títulos.

Camaradas,

Esta vitória nas urnas, que possibilitou uma transição política pacífica e ordeira, ao nível do aparelho do Estado, leva-nos a sublinhar a importância de reforçarmos a organização, a disciplina e a unidade do nosso Partido.

São esses valores que asseguram o funcionamento e a dinâmica da vida política do MPLA e nos permitem trabalhar em conjunto, na materialização dos objectivos contidos no Programa do MPLA e da Moção de Estratégia do Líder, com vista a criarmos uma sociedade mais solidária, mais justa e mais coesa.

São 10 os desígnios da Nação, resumidos nessa Moção, aprovada no último Congresso do Partido, que nós todos prometemos implementar.

Para o efeito, a unidade de pensamento e de acção do Partido concorre, também, para a criação de condições, para tornar factível o nosso lema, que é ‘melhorar o que está bem e corrigir o que está mal’, por forma a que os cidadãos, os trabalhadores e as famílias usufruam dos seus direitos, tenham acesso aos bens fundamentais, participem socialmente, sejam protagonistas das suas próprias vidas e da sociedade onde se inserem, isto é, sejam, no fundo, cidadãos autónomos e responsáveis.

É neste contexto que esta reunião vai analisar o Plano Geral de Actividades do Partido, para o ano de 2018, ciente de que o trabalho político do Partido desemboca, sempre, no processo eleitoral e que, por essa razão, deve ser permanente e não sofrer interregnos, adaptando-se, apenas, aos momentos concretos que o País vive.

Outro ponto não menos importante será a aprovação dos instrumentos da Comissão de Disciplino e Auditoria, que nos permitem garantir a funcionalidade e a vitalidade deste órgão, necessário para a manutenção da nossa disciplina partidária.

Declaro aberta a 4ª Reunião Ordinária do Comité Central do MPLA.

Obrigado”.

PortalMPLA/Sede Nacional do Partido

Foto: DDS

 

Veja todas as notícias