Camarada Luísa Damião destaca sentido de militância de Sérgio Rescova

A Camarada Luísa Damião, Vice-Presidente do MPLA, qualificou nesta segunda-feira, 12 de Outubro, durante a homenagem promovida pela direcção do Partido, o malogrado Sérgio Luther Rescova, como tendo sido um jovem dirigente político e governante, que nos brindou com um dos mais singulares exemplos de sentido de militância partidária e abnegada dedicação à causa pública e espírito de missão.
Luísa Damião disse que Angola inteira chora condoída pela partida prematura de um dos seus filhos, de quem a dor e luto ultrapassam a nossa dimensão geográfica, não existindo palavras para nos conformar perante a morte de um jovem que transmitia sede de viver e que sonhava um novo mundo a construir.
Dirigindo-se à família, Luísa Damião transmitiu, em nome do Camarada João Lourenço, Presidente do MPLA, um forte abraço de solidariedade e de fraternidade à família e aos companheiros do malogrado.
A Vice-Presidente do MPLA considerou a morte algo difícil de aceitar, que marca a passagem da vida para uma outra dimensão. 
“A morte é inevitável. É a única certeza que carregamos em vida”, afirmou. 
A morte de um jovem, continuou Luísa Damião,  é sempre um momento traumático e doloroso para a família, para os amigos e para a sociedade em geral.
Luísa Damião disse ainda que, “nesses momentos de dor e luto, somente a solidariedade e sobretudo a união e a coesão em torno dos valores eternos podem, de certa forma, apaziguar o sofrimento”.
“A responsabilidade solidária remete-nos para a condição humana. Somos verdadeiramente pessoas quando choramos com a dor do próximo; somos verdadeiramente humanos quando assumimos o lado da solução nessa grande equação que é a vida humana”, revelou Luísa Damião.
Visivelmente comovida, a Vice-Presidente do Partido, referiu que a solidariedade é o oxigénio da humanidade, e uma das bandeiras que se aprende nas dinâmicas de militância do MPLA.
Falecido na sexta-feira, 9 de Outubro, os restos mortais do Camarada Sérgio Luther Rescova vão a enterrar na tarde desta terça-feira, no cemitério da Santa Ana, ca capital do Páis.

Veja todas as notícias