Bié (23): Vice-presidente do MPLA dialoga com sociedade civil

O camarada Roberto de Almeida, na foto, vai proceder, na tarde desta sexta-feira, (23), na cidade do Kuito, o lançamento da Agenda Política do Partido para o ano de 2015.

 

Kuito, 23 JANEIRO 15 (6ª FEIRA) - O vice-presidente do MPLA, camarada Roberto de Almeida, trabalha, desde ontem, quinta-feira (22), na província do Bié, centro de Angola, onde, na tarde desta sexta-feira, 23, vai proceder o lançamento da Agenda Política do Partido para o ano de 2015.

Ontem, aquele dirigente auscultou, na cidade do Kuito, a capital biena, as preocupações de várias individualidades da sociedade civil local, designadamente, o bispo da Diocese católica, Dom José Nambi, o secretário da Igreja Evangélica Congregacional em Angola “IECA”, reverendo pastor José Chituque Manuel e o regedor municipal do Kuito, Afonso Vity.

O camarada Roberto de Almeida concedeu, também, audiências separadas ao presidente da Associação de Indústrias de Angola, Sebastião Augusto e a uma representante formal da Sociedade Civil, Prescinda Albino Chicomo.

No final do encontro, o bispo Dom José Nambi referiu que o mesmo abordou o desenvolvimento da Igreja que dirige, na sua vertente espiritual e social, assim como aspectos ligados ao crescimento socioeconómico local.

O reverendo José Gamo Manuel, da IECA, disse que o encontro permitiu abordar questões ligadas à parceria da sua Igreja no capítulo social, no que tange à recuperação dos valores morais e cívicos, assim como da necessidade da reabilitação das missões evangélicas e a expansão do Evangelho de Jesus Cristo, na província do Bié.

O regedor municipal do Kuito, Afonso Vity, declarou que a audiência permitiu colocar preocupações inerentes à realização dos próximos concursos públicos, fundamentalmente nas áreas da Educação e da Saúde e que serviu para abordar o empenho positivo do Governo, tais como a recuperação de estradas, de pontes, do caminho-de-ferro e a distribuição de água potável, energia eléctrica, entre outros benefícios sociais.

O presidente da Associação de Indústrias de Angola, Sebastião Augusto, disse ter informado ao vice-presidente do MPLA sobre o empresariado local e suas dificuldades, a necessidade em apostar-se na agricultura, o financiamento de créditos aos empresários e o desenvolvimento da indústria.

PortalMPLA/AB

Fonte: Angop

Veja todas as notícias