Benguela: Trinta e sete ex-militantes da UNITA ingressam no MPLA, no Bocoio

O antigo oficial militar Diniz Francisco está entre os recém-ingressados (15.01) no Partido do coração do povo angolano. Na foto, cerimónia recente de adesão de novos militantes.

Bocoio, 27 JANEIRO, 16 (4ª FEIRA) - Trinta e sete agora ex-militantes da UNITA, dos quais um antigo oficial militar, de nome Diniz Francisco, ingressaram (15.01), na comuna de Monte Belo, município do Bocoio, província de Benguela, nas fileiras do MPLA, num acto que os próprios qualificaram de “renúncia voluntária” àquele partido da oposição.
O acto de ingresso oficial desses cidadãos no Partido do coração do povo angolano foi orientado pela primeira-secretária do Comité Municipal do Bocoio, camarada Deolinda Valiangula, que destacou a importância do fortalecimento da democracia em Angola, que “deve ser bem cuidada” e que permite a cada um escolher livremente onde filiar-se politicamente.
A cerimónia foi marcada pela entrega de cartões de membro, que atesta o estatuto de militante do MPLA a cada um.
O município do Bocoio dista 102 quilómetros a nordeste da cidade de Benguela, a capital da província, no litoral-sul de Angola.
(Na foto, cerimónia recente de adesão de novos militantes).
PortalMPLA/AB

Veja todas as notícias