Angola: Novo Executivo do MPLA toma posse

Executivo

O Camarada Presidente José Eduardo dos Santos presidiu (01), no Palácio Presidencial, em Luanda, a cerimónia de tomada de posse e anunciou a primeira reunião do Conselho de Ministros para depois de amanhã, quarta-feira, dia 03 de Outubro de 2012.

Luanda, 01/10 – O Presidente da República de Angola, Camarada José Eduardo dos Santos, empossou, nesta segunda-feira (01), em Luanda, os novos ministros de Estado, ministros e o secretário do Conselho de Ministros.
O MPLA, recorde-se, depois de ter vencido as Eleições Gerais do dia 31 de Agosto de 2012, com 71,84 por cento dos votos, foi legitimado pelo povo para constituir governo, que tem à cabeça o seu cabeça de lista, Camarada José Eduardo dos Santos, que é o Presidente da República, Chefe do Executivo e Comandante-em-Chefe das Forças Armadas Angolanas.
No acto de empossamento, o Chefe de Estado anunciou a realização, na próxima quarta-feira (03), da primeira reunião do Conselho de Ministros do novo Executivo, para tratar de questões organizativas internas e aprovar a Programação Financeira do Tesouro, para o quarto trimestre (Outubro, Novembro e Dezembro) de 2012.

Eis os nomes dos novos governantes da 3ª Legislatura angolana, hoje empossados:

01 - Edeltrudes Maurício Fernandes Gaspar da Costa, ministro de Estado e chefe da Casa Civil;
02 - Manuel Hélder Vieira Dias Júnior, ministro de Estado e chefe da Casa de Segurança;
03 - Cândido Pereira dos Santos Van-Dúnem, ministro da Defesa Nacional;
04 - Ângelo de Barros Veiga Tavares, ministro do Interior;
05 - Georges Rebelo Pinto Chicoti, ministro das Relações Exteriores;
06 - Abrahão Pio dos Santos Gourge, ministro da Economia;
07 - Carlos Alberto Lopes, ministro das Finanças;
08 - Job Graça, ministro do Planeamento e do Desenvolvimento Territorial;
09 - Bornito de Sousa Baltazar Diogo, ministro da Administração do Território;
10 - António Domingos da Costa Pitra Neto, ministro da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social;
11 - Rui Jorge Carneiro Mangueira, ministro da Justiça e dos Direitos Humanos;
12 - Kundi Paihama, ministro dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria;
13 - Afonso Pedro Canga, ministro da Agricultura;
14 - Victória Francisco Lopes Cristóvão de Barros Neto, ministra das Pescas;
15 - Bernarda Gonçalves Martins Henriques da Silva, ministra da Indústria;
16 - José Maria Botelho de Vasconcelos, ministro dos Petróleos;
17 - Francisco Manuel Monteiro de Queiroz, ministro da Geologia e Minas;
18 - Rosa Escórcio Pacavira de Matos, ministra do Comércio;
19 - Pedro Mutinde, ministro da Hotelaria e Turismo;
20 - Fernando Alberto de Lemos Soares da Fonseca, ministro da Construção;
21 - José António da Conceição e Silva, ministro do Urbanismo e Habitação;
22 - João Baptista Borges, ministro da Energia e Águas;
23 - Augusto da Silva Tomás, ministro dos Transportes;
24 - Maria de Fátima Monteiro Jardim, ministra do Ambiente;
25 - José Carvalho da Rocha, ministra das Telecomunicações e das Tecnologias de Informação;
26 - Maria Cândida Pereira Teixeira, ministra da Ciência e Tecnologia;
27 - José Luís de Matos, ministro da Comunicação Social;
28 - José Vieira Dias Van-Dúnem, ministro da Saúde;
29 - Mpinda Simão, ministro da Educação;
30 - Adão Gaspar Ferreira do Nascimento, ministro do Ensino Superior;
31 - Rosa Maria Martins da Cruz e Silva, ministra da Cultura;
32 - João Baptista Kussumua, ministro da Assistência e Reinserção Social;
33 - Maria Filomena de Fátima Lobão Telo Delgado, ministra da Família e Promoção da Mulher;
34 - Manuel Gonçalves Muandumba, ministro da Juventude e Desportos;
35 - Rosa Luís de Sousa Micolo, ministra dos Assuntos Parlamentares;
36 - Frederico Manuel dos Santos e Silva Cardoso, secretário do Conselho de Ministros.

Veja todas as notícias