AGENDA DO PR: Impunidade em Angola com os dias contados

O Presidente João Lourenço insistiu, 6ª feira (18), em Luanda, que o combate contra a corrupção é um processo contínuo.

PortalMPLA, 19 JANEIRO 19 (SÁBADO) – O Presidente da República de Angola, Camarada João Lourenço, Titular do Poder Executivo, declarou, na noite de sexta-feira (18), em Luanda, que a impunidade no País, em relação a práticas lesivas ao erário público, tem os dias contados.

O Chefe de Estado discursava, no Palácio Presidencial, numa cerimónia de cumprimentos de ano novo com o Corpo Diplomático acreditado em Angola, na qual participaram cerca de 100 entidades ligadas à diplomacia, entre embaixadores, representantes de organizações internacionais e responsáveis do Ministério das Relações Exteriores.

“Hoje, já é convicção geral de que a impunidade, em relação a práticas lesivas ao erário público, tem os dias contados, o que tem vindo a contribuir para uma mudança da imagem de Angola, ao nível interno e internacional”, realçou, tendo exemplificado o acordo firmado, em Dezembro último, em Luanda, entre o Governo angolano e o FMI como uma demonstração clara da confiança, junto das instituições internacionais.

Neste sentido, o Presidente João Lourenço reiterou que o combate contra a corrupção e o consequente processo de credibilização do Estado é contínuo, tendo apelado, aos diplomatas estrangeiros e demais entidades, a ajudarem o Governo angolano na divulgação, junto da comunidade internacional, da nova imagem de Angola, “mais aberta e mais receptiva ao investimento privado, nas suas múltiplas vertentes”.

No seu Programa de Governo, para o período 2017/2022, o MPLA elegeu como prioridade o combate contra todas as formas de corrupção, por ser uma prática que fragiliza as instituições democráticas e que mina a confiança dos cidadãos e dos investidores nacionais e estrangeiros no aparelho do Estado.

/AB

Veja todas as notícias