Agenda do PR (19): Arquitecto da Paz conclui dia de trabalho na RDC

Na bagagem que o Camarada Presidente José Eduardo dos Santos levou, nesta segunda-feira (19), a Kinshasa estiveram quatro mercadorias fundamentais: a paz, a estabilidade, a cooperação mutuamente vantajosa e o desenvolvimento. Na foto, o regresso à capital angolana.

 

Luanda, 19 JANEIRO 15 (2ª FEIRA) - O Presidente da República de Angola, Camarada José Eduardo dos Santos, Titular do Poder Executivo, regressou, a meio da tarde desta segunda-feira (19), a Luanda, depois de ter efectuado uma visita oficial de trabalho, de algumas horas, à República Democrática do Congo, no âmbito do reforço das relações bilaterais e de cooperação.

Durante a sua visita, o Camarada Presidente José Eduardo dos Santos avaliou, com o seu homólogo da RDC, Joseph Kabilá, o nível de cooperação existente, tendo em conta os interesses comuns dos dois países e a necessidade de estabelecer-se uma cooperação estratégica para a consolidação da cooperação económica.

No decorrer da visita, delegações ministeriais dos dois países rubricaram acordos de cooperação, no domínio dos transportes ferroviários, fluviais, rodoviários, transfronteiriços e para a operação de serviços aéreos, instrumentos importantes de promoção e preservação da amizade, da compreensão e da cooperação entre ambos os povos.

Angola e a RDC partilham uma longa fronteira fluvial e terrestre e a assinatura desses acordos vai reforçar as relações económicas e comerciais entre os dois países, facilitando o trânsito e o transporte de passageiros e de mercadorias entre si, bem como assegurar o livre fluxo de passageiros e de mercadorias dentro dos seus respectivos territórios.

No domínio do transporte aéreo, a assinatura do acordo para a operação de serviços aéreos entre e para além dos respectivos territórios vai permitir a TAAG retomar os voos entre Luanda e Kinshasa e vice-versa, interrompidos há mais de três anos.

Desde Janeiro de 2014, Angola, na pessoa do seu mais alto mandatário, o Camarada Presidente José Eduardo dos Santos, preside a Conferência Internacional da Região dos Grandes Lagos (CIRGL), da qual a RDC é um dos seus membros, que defende o diálogo, a cooperação, a estabilidade, o desenvolvimento e o bem-estar para os seus povos.

A paz, a estabilidade e o desenvolvimento nas regiões a que Angola pertence (África austral e central) e no continente continua a ser uma das prioridades da sua política externa, assente nos princípios internacionalmente aceites, no respeito pela soberania, na igualdade e integridade territorial dos Estados membros, bem como de uma cooperação reciprocamente vantajosa.

Para apresentar cumprimentos de boas-vindas ao Arquitecto da Paz, estiveram, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, em Luanda, o vice-presidente da República de Angola, Manuel Vicente, o governador da província de Luanda, Graciano Domingos, o presidente do Tribunal Constitucional, Rui Ferreira, membros do Executivo e altos funcionários da Presidência da República.

PortalMPLA/AB

Veja todas as notícias