1 de Junho Crianças confinadas pela Covid-19

1 de Junho
Crianças confinadas pela Covid-19

O mundo inteiro celebra hoje, 1 de Junho, o Dia Internacional da Criança, num clima em que a pandemia da Covid-19 roubou a pujança característica da efeméride, obrigando as crianças a comemorarem a data sobre fortes medidas de isolamento, cuja razão fundamental é evitar o contágio e progressão da doença, que já fez inúmeras vítimas mortais, dentre elas muitas crianças.

Apesar do clima sombrio em que a data é celebrada, por conta do novo corona vírus, ainda resta espaço para a homenagens que, aliás, deveria ser feitas diária e permanente, pois as crianças são o “futuro da humanidade”, e se deve dar tudo que merecem, no quadro da protecção integral dos seus direitos, que incluem o combate ao trabalho infantil nos mercados informal e formal, bem como as políticas de expansão da educação pré-escolar, essencial à formação das crianças até aos 5 anos, em todas as suas dimensões fundamentais, na pauta dos valores que o MPLA atribui à ela.

Na sua agenda política, o MPLA reserva lugar e tratamento especiais àquela franja da sociedade, que pode ser compreendida por via do Programa de Governo 2017-2022 , reflexo do compromisso do Partido em melhorar o sistema e meios de protecção das crianças, apoiar as instituições de atendimento e acolhimento das crianças, acções que podem ser corporizadas numa estratégia nacional de prevenção e combate da vulnerabilidade da criança.

Em relação à diversão da criança, o MPLA aposta na promoção e ampliação de infraestruturas para o efeito, disponibilizando apoio psicossocial, sobretudo quando elas estiverem em conflito com a lei, reforçando a intenção com a implementação do serviço de denúncia “ SOS-Criança”.
CC

Veja todas as notícias